24 de julho de 2014 – 15:22 | No Comment

O Facebook continuou sendo o líder de logins sociais no segundo trimestre de 2014, totalizando 55% de todos os logins sociais e 64% dos logins sociais em dispositivos móveis, de acordo com os número do Gigya.
Veja …

Web2Engage Brasil

Web2Engage News

Home » Web2Engage Brasil

Não é prerrogativa das empresas estarem ou não nas redes sociais

13 de setembro de 2011 No Comment

Não há como ignorar as redes sociais. Mesmo as empresas que preservam uma imagem tradicional ou exclusiva já se renderam ao fenômeno. Das 500 maiores companhias do mundo, presentes no último ranking as revista Fortune, 365 possuem uma conta no Twitter. Isso, de acordo com pesquisa realizada no começo do ano. Sete meses depois, o número, seguramente, está maior.

No entanto, pouco adianta entrar para esse mundo sem uma estratégia definida. Pior, se a corporação não jogar direito, o seu principal patrimônio sairá arranhado: sua marca. Para falar sobre como as empresas devem lidar com as novas plataformas de interação – o Twitter, o Facebook, o Orkut – Gal Barradas, sócia e CEO da agência F.biz, é a convidada do Digital Age 2.0 – evento de marketing digital promovido pelo Now!Digital Business.

“Marca é aquilo que falam da gente quando a gente não está presente”. Essa definição – creditada a Jeff Bezzos, fundador da Amazon – também é adotada por Barradas, e é pertinente com a liberdade de expressão propagada pela web.

“As redes sociais são território livre onde as pessoas adotam, rejeitam, criticam, elogiam, interferem, criam e disseminam conteúdos”, afirmou, em e-mail enviado ao IDG Now. “Por isso as marcas precisam deixar muito claras as suas promessas, assumir posturas e estarem predispostas a dialogar, pois não é prerrogativa delas estarem ou não nas redes sociais. Elas estão”.

Para a especialista, um dos aspectos mais importantes que as mídias sociais acarretaram foi a intensificação do diálogo. As empresas devem fazer o possível para mantê-lo saudável, e tirar máximo proveito do retorno que obtêm a partir desta interação.

“Poder ouvir o consumidor e dialogar com ele só traz vantagens para o gestor da marca. Uma série de informações que podem impactar o desenvolvimento de novos produtos, antecipar possíveis problemas, orientar discursos, prever a rejeição ou intenção de compra são obtidas.  Tudo isso é valioso para a gestão da marca”.

Barradas destaca que, embora as plataformas tenham surgido recentemente, não devem ser vistas como se fossem muito diferentes dos meios tradicionais. As premissas, afinal, são as mesmas. “As ferramentas são novas, mas a dinâmica das relações humanas é antiga. Pessoas querem interagir, compartilhar para desenvolver-se social, intelectual e emocionalmente”, ensina. “Entender as expectativas do indivíduo nas suas múltiplas personas e oferecer um conteúdo relevante e envolvente continua sendo o mais importante”.

Por mais que a especialista desmistifique o processo – ele não é tão complicado quanto parece ser – também admite que as corporações, em geral, têm muito a progredir nesse sentido – a questão não é tão simples quanto alguns podem crer.

“Esses assuntos já estão na pauta das empresas. O que falta muitas vezes é tornar o branding (gestão da marca) uma prática diária envolvendo as diferentes áreas internas da empresa”. A CEO alega que todos os pontos de contato com o público devem ser permeados pela estratégia adotada, e o monitoramento precisa ser constante. A identidade da companhia, afinal, não pode se perder em meio a um diálogo cada vez mais intenso.

Fonte: IDgnow

Leave a comment!

Add your comment below, or trackback from your own site. You can also subscribe to these comments via RSS.

Be nice. Keep it clean. Stay on topic. No spam.

You can use these tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

This is a Gravatar-enabled weblog. To get your own globally-recognized-avatar, please register at Gravatar.

eCMetrics - Agência e Consultoria de Mídia Social
eCMetrics - Agência e Consultoria de Mídia Social
www.ecmetrics.com