20 de fevereiro de 2015 – 18:47 | No Comment

Através de pesquisa realizada pela eCMetrics algumas preferências do consumidor brasileiro de automóveis foram identificadas. A pesquisa foi feita através do OpinionsApp, aplicativo mobile desenvolvido pela eCGlobal com nossos painelistas dispostos a participar de pesquisas …

Web2Engage Brasil

Web2Engage News

Home » Web2Engage Brasil

Entendendo o consumidor brasileiro de automóveis

Através de pesquisa realizada pela eCMetrics algumas preferências do consumidor brasileiro de automóveis foram identificadas. A pesquisa foi feita através do OpinionsApp, aplicativo mobile desenvolvido pela eCGlobal com nossos painelistas dispostos a participar de pesquisas rápidas e atividades para compartilhar suas opiniões.

Confira alguns resultados da pesquisa:

● 56% preferem comprar carros seminovos

● 27% dos consumidores pretendem trocar de carro em um ano e 22% dentro de dois anos

● O ar-condicionado é visto como item indispensável para 80%, e foi considerado o item opcional mais importante.

Confira mais informações sobre a pesquisa no infográfico aqui, e saiba mais sobre o OpinionsApp aqui.

Home » Web2Engage Brasil

Latino-americanos não compram às cegas

A eCMetrics em conjunto com a eCGlobal realizaram um estudo para entender o comportamento de compra do consumidor latino-americano antes, durante e depois de Natal.

Confiram os resultados de este estudo realizado com os membros de nosso painel, www.ecglobal.com , sobre seus hábitos de compra antes, durante e logo depois do Natal. Alguns dados interessantes:

* 54% dos Brasileiros compraram alguma vez durante Black Friday e as pessoas que não compraram consideram que os descontos não são atrativos ou que os produtos ofertados não eram de seu interesse;

* 9 de cada 10 compradores do Black Friday fizeram sua compra pela internet e que quase todos pesquisam na internet antes de realizar uma compra;

* 51% realizam as compras em Natal exclusivamente em loja física, enquanto 42% combinam essas compras em loja física com compras online;

* 82% pesquisaram pela internet antes de comprar os presentes de Natal;

* Os produtos mais comprados no Natal na América Latina foram roupas e produtos de informática/eletrônicos;

Para maior informação e baixar o sumario executivo completo da pesquisa, faça click aqui


 

Home » Web2Engage Brasil

Black Friday no Brasil

 

A Black Friday vai engatinhando comparado ao EUA onde a tradição de compras após o dia de Ação de Graças leva o consumidor à loucura. Já aqui no Brasil a data estimula somente metade dos internautas. Outro dado interessante é que dos que compraram, 9 em cada 10 compram em lojas online. E quase a totalidade, mesmo entre aqueles que compram em lojas físicas, fazem uma pesquisa prévia na Internet (lembrando que a pesquisa foi feita entre Internautas)..

Para obter os resultados no detalhe, baixe Aqui o relatório executivo.

Home » Web2Engage Brasil, Web2Engage News

iWatch: Mais da metade dos internautas brasileiros adorariam ter um Apple Watch [Pesquisa e Infográfico]

Pesquisa realizada  pela eCMetrics entre os dias 10 e 11 de sembro de 2014 revela percepções e intenção de consumo dos brasileiros em relação ao novo relógio inteligente da Apple, o Apple Watch.

No evento ocorrido no dia 09 de setembro de 2014 a Apple lançou novos produtos como o iPhone6, iPhone 6 PlusiOS8 e o Apple Watch, novidades que ganharam bastante atenção da mídia mundial e rapidamente foi para os Trending Topics mundial.

Segundo a pesquisa, as funcionalidades do Apple Watch conquistaram os brasileiros e despertaram intenção de compra para o novo relógio inteligente da Apple. A pesquisa foi realizada pela eCMetrics e eCGlobal Solutions, entre os dias 10 e 11 de setembro, com 1.000 internautas brasileiros, utilizando a plataforma inteligente de insights instantâneos eCInstant .

apple facebook pt 300x265 Apple Watch agrada e promete conquistar os brasileiros [infográfico]

Segundo a pesquisa, o termo mais associado pelas pessoas ao Apple Watch foi “inovação”, assim como “tecnológico” – percepções que são o diferencial da Apple em relação aos seus concorrentes, e que a empresa busca a cada lançamento de produto. Dos entrevistados, 58% ficaram sabendo do evento de lançamento da Applee declararam em sua maioria ter sido impactados online: em sites de notícias, sites especializados e redes sociais. Dentre os outros meios digitais nos quais foram impactados, destacamos as citações ao WhatsApp e Youtube. Interessante também a proporção muito menor dos que declararam ter sido impactados em meios offline, como TV (15%) e jornal (7%).

relógio inteligente da Apple gerou interesse em 78% dos entrevistados, que em sua maioria afirma que gostou muito (54%) ou gostou (35%) do design. Das versões personalizadas apresentadas pela Apple, as que mais agradaram foram: Timelapse (17%), Photo (16%), Utility (15%), Solar (13%) e Astronomy (12%). As demais versões: Simple (9%), Motion (9%), Mickey Mouse (7%) não foram consideradas tão atrativas e apenas 2% não gostaram de nenhuma das versões. As variações de pulseiras também chamaram a atenção dos usuários, que votaram na Link Bracelet (27%) como a que mais agradou, seguida dos modelos Classic Buckle (23%), Modern Buckle (22%) e Milanese Loop (16%).

Considerado bonito e útil, o Apple Watch despertou o desejo de compra em 86% dos entrevistados, que declaram que gostariam (31%) ou gostariam muito (55%) de ter o relógio inteligente da Apple. 73% estariam dispostos a gastar entre R$ 500 e R$ 700 pelo produto e 20% cerca de R$ 701 e R$ 900. Considerando o preço estimado para venda no mercado norte-americano, os brasileiros irão pagar mais do que gostariam pelo produto.

Sobre percepção, o relógio iWatch agregou os valores percebidos da marca, sendo considerado pelos internautas como inovador (42%) e sofisticado (14%). Interessante notar que 22% consideraram que o relógio combina com elas e 10% associaram à pessoas jovens.

Apple Watch está previsto para chegar ao mercado norte-americano em 2015, com preços em torno de U$ 349 nas versões mais básicas. Ao contrário do que se imaginava, não é um produto independente, sendo projetado para funcionar aliado a um iPhone compatível, para desta forma integrar funções. Os modelos de iPhone compatíveis com o Apple Watch são o iPhone 6, iPhone 6 Plus, iPhone 5s, iPhone 5c e iPhone 5. O software de pagamentoApple Pay, uma espécie de carteira móvel, também está integrado ao Apple Watch. A ideia de Tim Cook, CEO da Apple, é substituir o antigo processo de pagamento (dinheiro e cartões de débito e crédito) por um sistema completamente novo. A tendência da mobilidade se confirma de forma ainda mais forte com o lançamento do Apple Pay e a Apple acredita no sucesso do Apple Pay porque foi projetado pensando na experiência do usuário.

O Apple Watch possui três tipos de materiais disponíveis para a construção do relógio inteligente: alumínio, aço inoxidável e versões de alto luxo: ouro dourado e ouro rosado. As variações do Apple Watch são bem interessantes:Apple Watch tradicionalSport e Edition, que possui visual mais clássico e elegante. Além disso, o Apple Watch terá aparelhos de dois tamanhos: 38mm e 42mm.

Para mais informações, confira nosso infográfico da pesquisa sobre as percepções dos brasileiros sobre o Apple Watch.

Sobre o eCInstant:

 eCInstant é uma poderosa plataforma de pesquisa digital 100% “faça você mesmo”, com alto poder de segmentação, que conecta marcas, pesquisadores, agências de marketing e propaganda com as pessoas certas, de maneira instantânea. Com eCinstant é possível coletar dados e feedbacks mais rápidos dos consumidores e com menor custo em relação às pesquisas tradicionais, obtendo insights em tempo real para apoiar diariamente as decisões empresariais.

Home » Web2Engage Brasil, Web2Engage News

Facebook engaja mais do que o Twitter

Dados da BI Intelligence apontam engajamento dos usuários, via PC e mobile, nos principais canais de social media

Do ProXXIma

Com 1,2 bilhão de usuários mensais ativos, é compreensível que se fale do Facebook em números. Porém, com o surgimento de novas redes sociais e apps, a audiência das plataformas “veteranas” torna-se cada vez mais fragmentada e outras mensurações acabam sendo mais importantes, especialmente para empresas que tentam descobrir qual é o melhor canal para investir.

Fatores como quanto tempo os usuários passam em cada rede social e quão engajados e interativos eles estão com os conteúdos nesses sites são fundamentais para determinar isso.

Em uma pesquisa recente, o BI Intelligence calculou o engajamento das cinco principais redes sociais e comunicadores instantâneos: Facebook, Instagram, Twitter, Snapchat e Whatsapp. O estudo também compara a performance das plataformas em termos de tempo de uso no desktop e mobile, e quais atividades são mais populares em cada site.

– Social é a principal atividade na internet: norte-americanos passam mais tempo em social media do que em qualquer outra atividade, inclusive e-mail.

– Regras do social-mobile: 60% do tempo é gasto na social media é feito via smartphones e tablets.

– O Facebook atrai sete vezes mais engajamento do que o Twitter tanto via smartphone, quanto em acessos pelo PC.

– O Snapchat é menor do que o WhatsApp, porém seus usuários passam mais tempo na ferramenta “fantasma” do que no comunicador instantâneo adquirido recentemente por Mark Zuckerberg.

– Pinterest, Tumblr e LinkedIn deram passos largos, no ano passado, para aumentar o engajamento em sites e apps móveis. A atual corrida na social media não é pela audiência em si, mas pelo engajamento multitelas.

Via Meio & Mensagem